Portugal: “Crise faz disparar homicídios”

16 julho 2013
Presseurop
Jornal de Notícias

Jornal de Notícias, 16 julho 2013

O número de homicídios em Portugal está a crescer, escreve o Jornal de Notícias, acrescentando que os sinais de alarme quanto aos números começaram em 2012, “mas a tendência manteve-se no primeiro trimestre deste ano, com uma subida de 20%”.

Foram registados 71 homicídios no país desde o início do ano, mais oito do que entre janeiro e o final do mês de julho de 2012.

Enquanto uma fonte no Ministério Público explica que a crise provoca “uma maior conflitualidade nas casas das famílias”, um especialista de uma associação de apoio psicológico garante ao diário que Portugal vive “numa ditadura financeira e as pessoas perderam a esperança de que as coisas mudem. Os problemas financeiros acumulam-se e agravam-se. As pessoas estão desesperadas e caem na violência”.