Imigrantes na Europa: Um mapa que mostra quem deveria gerir a crise dos refugiados

26 outubro 2015
VoxEurop

Este mapa, de Giulio Zucchini, mostra quem os europeus pensam que deveria tomar decisões no que diz respeito à imigração. Segundo o inquérito, realizado em todos os Estados-membros em setembro de 2015, quase dois terços acham que as decisões sobre a imigração devem ser tomadas no âmbito da UE, em vez de a nível nacional, enquanto oito em cada 10 declaram que os requerentes de asilo devem ser “melhor distribuídos entre todos os Estados-membros da UE”. No entanto, as respostas variam consideravelmente de um país para outro.

Entretanto, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, convocou uma mini cimeira com os líderes da Alemanha, Áustria, Bulgária, Croácia, Grécia, Hungria, Macedónia, Roménia, Sérvia e Eslovénia para discutir o fluxo de refugiados ao largo da rota dos Balcãs ocidentais. “O objetivo da reunião será chegar a um acordo sobre as conclusões operacionais comuns que poderiam ser imediatamente colocadas em prática”, disse um porta-voz da Comissão.

This article is published in association with #OpenEurope.

O projeto #OpenEurope reúne vários meios de comunicação, ONGs e associações europeias e que visa “contar as solidariedades concretas que se construem para ajudar os imigrantes e defender um projeto europeu fiel aos seus valores do acolhimento”. Os participantes incluem CaféBabel (Europa), Correct!v (Alemanha), Le Courrier des Balkans (França), Efimerida ton syntakton (Grécia), Hulala (Hungria), Infolibre (Espanha), Internazionale (Itália), Inkyfada (Tunísia) e Mediapart (França).